Pedágios: reajustes durante o mês de novembro de 2021

dezembro 1, 2021
pedagio

Confira as principais atualizações que ocorreram no mês de novembro de 2021 nas rodovias do país 

Praças de pedágio no estado de Mato Grosso sofreram aumento 

Foi autorizado pela AGER (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso) o reajuste na tarifa básica de pedágio. A concessionária Via Brasil, administradora do trecho localizada nas rodovias MT-320 e MT-208, passou os valores para R$ 9,40 como tarifa teto. Confira os valores atualizados abaixo: 

Fonte: Via Brasil

As praças que contemplam os trechos são: Colíder, Nova Canaã do Norte e Alta Floresta. 

A concessionária se compromete a realizar trabalhos de manutenção, construção de melhorias, restauração e melhorias na prestação dos serviços prestados aos usuários da rodovia durante o período de contrato.

Pedágios em rodovias do Paraná não serão mais cobrados 

O Governo do Estado do Paraná não renovou o contrato com as concessionárias Econorte, ViaPar, Ecocataratas, Rodonorte, Caminhos do Paraná e Ecovia. Essas empresas administravam mais de 2,5 mil quilômetros de rodovias federais e estaduais, com contratos assinados nos anos 1990. 

A responsabilidade pelas rodovias ficará agora sob responsabilidade do Estado e da União. O Governo do Estado fará a manutenção das rodovias estaduais, enquanto o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes cuidará das rodovias federais. 

As praças de pedágio ficarão desativadas até que o novo modelo de concessão seja implementado. Enquanto isso, o patrulhamento dos locais será de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal para as estradas federais (BR) e da Polícia Militar para as estradas estaduais (PR). 

Praças de pedágio na região de Riberão Preto e Franca sofrem aumento 

As praças de pedágio em Guatapará (SP), São Simão (SP), Batatais (SP) e Restinga (SP) sofreram aumento de 10,24%. As praças são de responsabilidade da concessionária Arteris Via Paulista. 

Segundo a concessionária a percentagem foi calculada com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O reajuste foi publicado no Diário Oficial do estado no dia 20 de novembro. 

As praças que terão novos valores são: Guatapará, Boa Esperança, Jaú, Botucatu, Itaí, Coronel Macedo, São Carlos, Santa Rita, São Simão, Batatais e Restinga. 

Praças de pedágio no Rio de Janeiro sofreram reajuste 

As tarifas de pedágio da Rodovia BR-101, no trecho entre a Ponte Rio-Niterói e a fronteira do Estado com o Espírito Santo, sob administração da Autopista Fluminense sofreram aumento. O valor foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e passará dos atuais R$ 6,00 para R$ 6,10; motos vão pagar R$ 3,05 e o eixo comercial será de R$ 6,10. 

As praças de pedágio que sofrerão com os reajustes serão: Pedágio Casimiro Abreu, Pedágio Conselheiro Josino, Pedágio Rio Bonito, Pedágio São Gonçalo, Pedágio Serrinha. 

gostou? compartilhe para mais pessoas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receba conteúdos exclusivos!

Queremos saber quais são seus interesses.
Cadastre-se, é rápido e fácil!




    Eu aceito a Política de Privacidade

    Mostrar Aviso

    O que você está procurando?

    Suporte

    Para acessar escolha uma das soluções

    Caso você precise de ajuda ou tenha alguma dúvida, basta acessar o suporte!

    Telegram

    Com que você deseja falar?